EQIA11 - (acabou) | FIagro

O fiagro EQIA11 mudou de nome para NCRA11

A partir do dia 11/02/2022 já passa a ser negociado com o ticker NCRA11.

Ver página do NCRA11


EQIA11

O fundo EQIA11 - NCH EQI Recebíveis do Agronegócio é um fundo de investimento em cadeias agroindustriais (Fiagro), gerido pelo NCH e administrado pelo BTG Pactual.

Voltado para Investidores em Geral prazo de duração Indeterminado, taxa de administração de 1,25% aa e taxa de performance 20% CDI +1%.

Cotação EQIA11

O Fundo ainda está em processo de IPO e não tem data de negociação

gráfico EQIA11

O NCH EQI Recebíveis do Agronegócio iniciou as negociações no dia 21/12/2021, veja a Performance do fundo

Dados EQIA11

Fundo NCH EQI Recebíveis do Agronegócio
Gestor NCH
Administrador BTG Pactual
Segmento Fiagro
Categoria Fiagro-FII
Ativos Recebíveis (CRA)
Taxa de Administração 1,25%
Taxa de Performance 20% CDI +1% aa
Investidor Alvo Investidores em Geral
Prazo Indeterminado
CNPJ 42.537.438/0001-53
Patrimônio Líquido R$ 38.342.400,02
Cotas 401.743
Relatório Gerencial não
Data de Início 21/12/2021
Site: https://nchbrasil.com.br/fundos
Proventos Proventos Pagos
fnet: l.dividendosfiis.com.br/eqia11
Performance: Performance do EQIA11

Todos documentos do Fundo

Estratégia de Investimento

Os princípios da estratégia de investimento do Fundo são:

  • pulverização por emissor;
  • diferentes cadeias produtivas;
  • posicionamentos geográficos em distintos microclimas; e
  • nível satisfatório em garantias firmes, além de aval e fiança, quando for o caso.

Os tipos de Certificados de Recebíveis do Agronegócio (CRA) são:

  • pulverizado (acima de 100 devedores);
  • concentrado (até 100 devedores); e
  • corporativo (único grupo econômico devedor).

Ilustra-se abaixo algumas métricas que o portfólio do Fundo tenderá no longo prazo:

estrategia ncra11 fiagro eqi nch

IPO

O fundo ainda está em fase de IPO e possui apenas um prospecto preliminar e portante pode sofrer alterações até o prospecto definitivo.

Veja o prospecto preliminar.

Prospecto Preliminar

Veja o artigo sobre investimento em FIAGRO

Next Post Previous Post