HASH11 - Hashdex Nasdaq Crypto Index

/ BTC, ETH

HASH11

O ETF HASH11 - Hashdex Nasdaq Crypto Index segue o índice de criptomoedas (NCI) Nasdaq Crypto Index criado pela gestora brasileira Hashdex em parceria com a nasdaq.

Mais sobre ETFs de Cripto

Cotação HASH11

O fundo abriu dia 26/04/2021 (primeiro dia de negociação) a R$ 52,00.

gráfico HASH11

Mais informações sobre investir em ETF de cripto

Veja um post que fala sobre investir em cripto com pouco dinheiro, ele fala sobre o primeiro ETF do mundo e o primeiro ETF brasileiro e vantagens de investir por um ETF.

Mais sobre ETFs de Cripto

Dados HASH11

ETF Hashdex Nasdaq Crypto Index
Data de início: 22/04/2021
Benchmark: Nasdaq Crypto Index (NCI)
Taxa de Administração: 0,3% a.a. (1,3% a.a. considerando o fundo de índice alvo)
Gestor: Hashdex
Administrador: Banco Genial
Código de Negociação: HASH11
CNPJ 38.314.708/0001-90
Site https://www.hashdex.com/hash11
Site do índice https://www.nasdaq.com/Crypto-Index

Sobre o índice NCI

Esses são os critérios para um criptoativo fazer parte do índice NCI:

  • Preço flutuante
  • Negociado em pelo menos 3 corretoras de cripto qualificadas
  • Suportado por pelo menos 2 custodiantes institucionais
  • Alta liquidez
  • Representação do mercado mínima de 0.5%

A carteira é rebalanceada trimestralmente (em março, junho, setembro e dezembro)

O peso de cada ativo no índice é calculado por valor de mercado

O Bitcoin é o principal ativo no índice e tem peso de 80%, mas ele é composto atualmente por 6 ativos, são eles:

  • Bitcoin com peso de 79,68%
  • Ethereum com peso de 16,93%
  • Litecoin com peso de 1,24%
  • Chainlink com peso de 1,00%
  • Bitcoin Cash com peso de 0,64%
  • Stellar com peso de 0,50%

O NCI é rebalanceado trimestralmente (em março, junho, setembro e dezembro) e novos constituintes podem se tornar elegíveis a cada balanceamento, assim como constituintes que estão atualmente no índice podem sair e/ou ganhar ou perder relevância.

HASH11 paga dividendos?

Não, ETFs no Brasil não são permitidos a pagar dividendos, no caso do HASH11 é similar ao ETF de GOLD11, o ouro e os criptoativos não são ativos geradores de renda.

HASH11 é dolarizado?

Sim, apesar de os criptoativos serem negociados em Real, a referência de preço deles é em dólar, portanto estão expostos à oscilação do dólar.

Cronograma da primeira emissão do HASH11

Dia 14/04/2021 foram anunciadas alterações...

As principais datas da primeira emissão de cotas são as seguintes:

  • Terça-feira, 06/04/21: Divulgação do material publicitário e início dos pedidos de subscrição de cotas pelos agentes autorizados
  • Sexta-feira, 09/04/21: Prazo limite para a adesão de corretoras como agentes autorizados do ETF
  • Terça-feira, 20/04/21: Encerramento dos pedidos de subscrição de cotas
  • Quinta-feira, 22/04/21: Liquidação financeira da primeira emissão
  • Segunda-feira, 26/04/21: Início de negociação das cotas na B3 - Brasil, Bolsa, Balcão

As datas acima são meramente indicativas e podem ser alteradas. Eventuais mudanças serão comunicadas previamente ao público.

hashdex-ipo-datas-novas

Qual vai ser a estrutura da HASH11? O investidor vai comprar cotas de qual fundo?

O investidor comprará cotas do HASH11, que é constituído no Brasil e regulado pela Instrução 359/02, da Comissão de Valores Mobiliários (CVM). Este fundo, por sua vez, investirá em cotas do Hashdex Nasdaq Crypto Index ETF, fundo constituído nas Ilhas Cayman e listado na Bermuda Stock Exchange (BSX). Essa estrutura (ETF brasileiro que adquire cotas de ETF estrangeiro) é utilizada por diversos ETFs disponíveis na B3.

Como surgiu o HASH11?

O HASH11 foi aprovado pela CVM no dia 17/03/2021, mas a história dele não começa esse dia.

Na verdade, a gestora HASHDEX foi pioneira no mundo ao criar em conjunto com a Nasdaq o primeiro índice de cripto do mundo, o NCI ou (Nasdaq Crypto Index).

Todo ETF segue um índice passivo, então ao ser criado o NCI em 01/12/2020 foi o primeiro passo para criação de um ETF.

Em seguida foi criado o primeiro ETF de cripto do mundo, que é da gestora Hashdex e foi criado na bolsa de Bermudas (BSX) Bermuda Stock Exchange.

O ETF foi criado em Bermudas por ser o primeiro país a liberar a criação de um ETF de cripto e esse ETF segue o índice NCI (Nasdaq Crypto Index).

Agora que existe um índice e um ETF negociado no exterior que segue esse índice a CVM permitiu a criação de um ETF no Brasil que compra no mínimo 95% do patrimônio dele em outro ETF no exterior, que é o ETF negociado na bolsa de Bermudas.

É semelhante ao IVVB11, que comprar cotas de outro ETF no exterior o IVV.

Mais sobre ETFs de Cripto

Next Post Previous Post